Tempo - Tutiempo.net

ECONOMISTAS DO PT ESTUDAM MUDANÇAS NA PREVIDÊNCIA SOCIAL

Lula presidentde

Economistas quem compõem o grupo sobre trabalho e Previdência da Fundação Perseu Abramo estão estudando formas para promover mudanças no sistema de Previdência Social do Brasil, caso o ex-presidente Lula (PT) seja eleito para um terceiro mandato.

De acordo com o ex-diretor do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Clemente Ganz, a reforma da Previdência aprovada em 2019, logo no início do Governo Bolsonaro, destruiu o modelo que financia a aposentadoria.

“A reforma destruiu a Previdência, nós vamos ter que reconstrui-la”, declarou Ganz a Folha de São Paulo.

Ele também avalia que o “o que foi colocado como ambiente regulatório no mundo do trabalho inviabilizou o modelo contributivo no médio prazo” e com isso, a União terá que “aumentar a cada ano o aporte do Tesouro para financiar o sistema”.

Por fim, ele avalia que no eventual governo de Lula haja uma revisão integral do sistema previdenciário para, segundo ele, evitar que milhões de idosos tenham que mendigar nas ruas no médio prazo.

“O grande problema da Previdência não estava necessariamente na idade. É desproteger trabalhadores. Nós temos que reverter isso. Não é possível que daqui a dez anos encontremos 10 milhões de velhos mendigando nas ruas”.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS