Tempo - Tutiempo.net

Inscrições para o Prouni do 2º semestre começam nesta segunda (1)

Começam nesta segunda-feira (1º) as inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Os estudantes interessados em pleitear uma vaga em universidades particulares com bolsas de até 100% têm até o dia 4 de agosto para realizar a inscrição.

Para realizar a inscrição você deve acessar o Portal Único de Acesso ao Ensino Superior, que é a plataforma digital do Ministério da Educação que reúne informações sobre o Prouni, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies).

Nesta edição do Prouni os estudantes poderão utilizar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) realizados em 2020 ou em 2021.

Para quem prestou o Enem nos dois últimos anos, o sistema considerará a nota mais alta obtida nas provas. Até junho deste ano só poderiam concorrer à vaga aqueles que tivessem realizado a prova de 2021.

O estudante interessado não pode ser graduado nem ter realizado o Enem como treineiro. Além disso, deve ter obtido média total superior a 450 pontos nas provas de conhecimentos específicos e não pode ter zerado a redação.

A 1ª chamada para a matrícula dos selecionados será no dia 8 de agosto. A 2ª chamada acontece em 22 de agosto. A matrícula deve ser feita diretamente na instituição em que o estudante garantiu a vaga

Nesta edição, a inscrição deverá ser feita por tipo de modalidade de concorrência, que são ampla concorrência e ações afirmativas.

Com isso, haverá ainda uma ordem de prioridade para a classificação dos candidatos inscritos conforme cada modalidade escolhida.

Outra mudança é a ampliação dos critérios de origem escolar do estudante que deseja disputar as bolsas do Prouni.

A classificação observará a modalidade de concorrência escolhida pelo estudante em sua inscrição por curso, turno, local de oferta, instituição.

Dentro de cada modalidade deverá ser obedecida a ordem decrescente das notas do Enem, com prioridade para os seguintes grupos:

– professor da rede pública de ensino, exclusivamente para os cursos de licenciatura e pedagogia destinados à formação do magistério da educação básica, se for o caso e se houver inscritos nessa situação;

– estudante que tenha cursado o ensino médio integralmente em escola da rede pública;

– estudante que tenha cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

– estudante que tenha cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista;

– estudante que tenha cursado o ensino médio integralmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;

– estudante que tenha cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista parcial da respectiva instituição ou sem a condição de bolsista.

Histórico

O Prouni foi criado em 2004 com o objetivo de ofertar bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de universidades e faculdades privadas, sejam elas particulares ou comunitárias.

Concorrem às bolsas integrais os estudantes que possuem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo, enquanto as bolsas parciais de 50% do valor total do curso são disputadas por aqueles que possuem renda familiar de até três salários mínimos por pessoa.

Mariana Lemos

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS