Após levar chocolate do Vitória, técnico do Bahia cai

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O técnico Jorginho não resistiu à derrota do Bahia por 5 a 1 para o Vitória na inauguração da Arena Fonte Nova, neste domingo (7). O treinador pediu demissão e, em comum acordo com a diretoria do clube, não é mais o treinador do Bahia.

A conversa aconteceu logo após o confronto, ainda nos vestiários da Arena Fonte Nova. “Peço desculpa pela demora, até porque estava conversando lá dentro, resolvendo o que iria fazer da vida. Conversamos e chegamos a um acordo de que não dá mais para ajudar o Bahia. Vamos deixar o Bahia, mas vou responder a todas as perguntas de vocês. Até de tudo, parabenizar o Vitória”, finalizou.

Jorginho chegou ao Bahia em agosto de 2012, para substituir Caio Júnior, atual técnico do Vitória, que na época comandava o Bahia. Um dos nomes mais cotados para assumir o time baiano é o de Dorival Júnior, ex-treinador do Flamengo.

Esclarecimentos


Antes de deixar o Bahia, um dos assuntos mais comentados por Jorginho durante a sua última coletiva como treinador do Bahia girou em torno da polêmica em que teria se envolvido com o atacante Souza.

O técnico reforçou mais uma vez que “não tem nada contra Souza” e que “tudo o que aconteceu já foi esclarecido”. Para Jorginho, o que houve foi uma manipulação de informação com alguns membros da imprensa. “Nunca tive problemas com Souza, nem com quem quer que seja. Deram uma informação mentirosa sobre uma série de problemas que teria havido no Bahia. Quem passou essa informação é mentiroso e, quem deu a informação, é outro mentiroso. É como eu sempre digo, tudo o que vocês tiverem que saber, eu falo. Não tenho porque mentir”, resumiu.

Fonte: Correio

OUTRAS NOTÍCIAS