Polêmica entre Santos, pai de Neymar e Barcelona continua.

A obscura transferência de Neymar para o clube espanhol Barcelona ainda dará muito que falar. O pai do craque brasileiro não aceitou liberar o acesso do Santos aos documentos dos acordos comerciais do atacante com seu novo clube, o Barcelona.

O Santos foi à Justiça para entender o que gerou os 40 milhões de euros (cerca de R$ 130 milhões) à N&N, uma das empresas em nome do pai do jogador. A diretoria santista quer ter acesso a documentos dos acordos comerciais firmados entre o pai do atacante e o Barcelona. N&N teria recebido 40 milhões de euros

O presidente em exercício do Alvinegro, Odílio Rodrigues, se reuniu com o pai do camisa 11 na noite desta terça-feira e pediu para ver os contratos, mas ouviu que existe uma cláusula de confidencialidade que impede abertura.

– Existe uma forma para sabermos disso. O Santos fez um ofício a eles (estafe do Neymar) pedindo que enviassem os documentos e aquilo que faz referência à negociação. O pai do Neymar me ligou e disse que viria aqui. Ele alegou que há uma cláusula de confidencialidade, ou seja, ele pode falar, mas não pode mostrar. O Santos vai pleitear. Aguardamos uma resposta – explicou Odílio.

 

 

Fonte: Redação com informações do g1/ Foto: Reutes

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS