Tempo - Tutiempo.net

Isidório não comparece a audiência de conciliação com Daniela Mercury

Daniela x Isidoro

O deputado Federal Sargento Isidório não compareceu, nesta terça-feira (22), ao Fórum Ruy Barbosa, em Salvador, para a audiência de conciliação marcada pela justiça com a artista Daniela Mercury.

A também embaixadora do UNICEF e da ONU entrou com uma queixa-crime contra Isidório depois dele cometer crime de injúria contra ela.

Na época, Isidório ofendeu Mercury por ela ter defendido a realização de uma peça teatral religiosa protagonizada por uma atriz trans na cidade de Garanhuns, em Pernambuco.

“Vim aqui na audiência na data e horário marcados. A ausência deste senhor me ofende mais uma vez. Continuo na expectativa que a justiça aja e que ele seja obrigado a reparar o dano que causou a mim e a minha família”, protestou a cantora.

VAMOS RELEMBRAR O CASO

A cantora Daniela Mercury anunciou por meio de sua assessoria que entrou com um processo na Justiça contra o deputado federal eleito Pastor Sargento Isidório (Avante).

A ação penal por injúria é em resposta ao vídeo publicado pelo parlamentar em julho de 2018.

Na publicação, Isidório ofende Mercury por ela ter defendido a realização de uma peça teatral religiosa protagonizada por uma atriz trans na cidade de Garanhuns, em Pernambuco.

No vídeo publicado em sua página no Facebook, além de ter criticado a peça “O Evangelho Segundo Jesus – Rainha do Céu”, Isidório disse que Daniela estava com “problemas psiquiátricos”, que era uma “escrava do satanás”, criadora do “sindicato da viadagem”, entre outras ofensas.

O caso está sob responsabilidade da juíza Regina Maria Couto de Cerqueira e da promotora Izabel Cristina Vitória Santos”.

Segundo o Extra, a assessoria da cantora, por meio de nota disse que Isidório fez “afirmações falsas e agressões absurdas à artista, que também é embaixadora do Unicef há 23 anos e embaixadora da ONU no mundo para causas LGBTS”.

Os representantes da cantora também esclareceram que “em nenhum momento do seu discurso, Daniela agride qualquer religião.

Daniela também não xinga Jesus. Daniela não diz que Jesus é gay. Daniela não diz que Jesus é travesti.

Daniela apenas defende o direito de qualquer artista de interpretar quem quer que seja sem ser censurado, garantindo assim o cumprimento do que está na nossa Constituição”.

Por fim, a equipe de Daniela também chama a atenção sobre outras notícias falsas que circularam sobre a baiana e reitera que “até hoje [as fake news] são motivo de agressão à artista nas redes sociais, com ameaças de cancelamento de shows e pedidos de explicação à produção da artista”.

NB

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS