Tempo - Tutiempo.net

Até o vice-lider de Colbert na Câmara perde o rumo/Carlos Lima

Presidente da Câmara vereador Fernando Torres e o prefeito Colbert Filho, (fala baixo)

Analisando o comportamento de alguns vereadores, conforme a ótica de cada um deles, Feira de Santana deve se envergonhar do prefeito Colbert Filho e parte do seu secretariado.

Fica evidenciado que o município é governado por um prefeito que não suporta a classe trabalhadora e despreza as camadas mais pobres da sociedade.

A prefeitura não se torna “fantasma” por causa da edificação, mas a falta de sensibilidade diante das necessidades do povo, se manifestam apenas em artigos desprovidos de razão, publicados pela Secretaria de Comunicação.

Sempre que surge um movimento reivindicatório, o prefeito some ou apresenta desculpas irreais para discutir o problema.

No Paço municipal ele só recebe empresários, ricos ou emergentes.

Os vereadores, na maioria, se perguntam, até quando “Gepeto” vai aturar esse “Pinóquio”, que não está servindo nem para ser menino de recados.

Os camelos forçados de se instalarem no Shopping Popular, estão abandonados à própria sorte.

A construção de parceria publica/privada, continua inacabada na  infraestrutura, não possui movimentação comercial, aluguel e manutenção caríssimos, deixando todos em pré-falência.

O Colbert nunca se faz presente para falar sobre o problema, muito pelo contrário, divulga “Nota Pública” culpando a oposição. Estardalhaço digno de um beócio.

O fato se confirma pela atitude do seu vice-líder no legislativo, vereador Pedro Américo (DEM), ao afirmar que a “construção de uma ação direta no Judiciário pode ser caminho mais rápido, em relação aos problemas enfrentados pelos camelôs no Centro Comercial Popular (Shopping Popular)”.

O próprio aliado e vice-líder do prefeito sugere que os camelôs acionem o governo municipal e a empresa parceira da prefeitura na justiça.

Não resta mais dúvidas que essa administração, aliada de Bolsonaro, segue fielmente seus passos, um destrói a nação, o outro destrói o município.

Diante desse cenário é difícil não se envergonhar, tanto quanto é difícil dar crédito a essa administração, que nada acrescenta, e a cidade e o seu povo padece.

Carlos Lima

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS