Tempo - Tutiempo.net

Fepal detona Demétrio Magnoli, da Globo: ‘é pago para mentir’ (vídeo)

Demétrio Magnoli

A Federação Árabe Palestina do Brasil (Fepal) bateu duro no comentarista Demétrio Magnoli porque, segundo o comentarista da Globo News, foi a “primeira vez que há uma acusação de genocídio dirigida à Corte Internacional de Justiça”.

“‘Análise: Acusar ‘israel’ de genocídio é plausível?’.

Esse vídeo é a síntese perfeita do compromisso da Globo com o sionismo e o apoio incondicional ao genocídio que ‘israel’ faz na Palestina.

Lembre: Demétrio é pago para mentir e cumpre um papel na linha editoral da Globo”, escreveu a Fepal.

Segundo o Ministério da Saúde local, mais de 23,8 mil pessoas morreram e mais de 60 mil ficaram feridas na Faixa de Gaza desde o dia 7 de outubro do ano passado por conta dos ataques das forças israelenses.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que os bombardeios continuarão em Gaza.

Ele ignorou a peça de acusação elaborada por autoridades da África do Sul contra Israel pelo crime de genocídio no Oriente Médio.

As acusações foram apresentadas à Corte Internacional de Justiça (CIJ), o chamado Tribunal de Haia, na Holanda.

 

OUTRAS NOTÍCIAS