PM usava farda e viatura para vender droga em sorveteria

Um cabo da Polícia Militar do Amazonas, de 44 anos, foi preso suspeito de comandar um esquema de tráfico de drogas em Manaus. A venda dos entorpecentes era realizada dentro de uma sorveteria, no bairro Novo Israel, Zona Norte da capital.

 

De acordo com o delegado titular do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Ivo Martins, o infrator usava viatura e farda da PM para facilitar a atividade ilegal. Uma vizinha do cabo, de 31 anos, também foi presa.

 

Após quatro meses de investigações baseadas em denúncias anônimas e escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, os policiais conseguiram abordar os suspeitos e identificar a atividade criminosa na sorveteria. Segundo o delegado, foi constatado que no local funcionava um laboratório para o preparo de entorpecentes.

 

Na casa da vizinha e na residência do cabo, foram apreendidas balanças, uma pistola PT40, uma espingarda calibre 28, ambas do policial, além de 400 trouxas de pasta base, oxi e maconha. A Polícia também apreendeu um carro modelo Fiat Strada, celulares, câmeras, relógios e duas TVs.

 

O cabo foi autuado por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo. Ele foi conduzido para o Batalhão de Guarda da PM, no Monte das Oliveiras, na Zona Norte. A vizinha dele presa na operação também vai responder processo por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ela será encaminhada para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no centro da capital.

 

 

 

 

Fonte: Redação/ G1

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS