PSL: ‘Bolsonaro ataca a democracia ao defender atos contra o Congresso’

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Presidido por Luciano Bivar, o PSL critica iniciativa de Jair Bolsonaro de convocar atos contra o Congresso (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O PSL, partido pelo qual Jair Bolsonaro foi eleito, repudiou a iniciativa do ocupante do Planalto de convocar o povo às ruas contra o Congresso Nacional em manifestações previstas para o dia 15 de março. “O presidente Jair Bolsonaro ataca a democracia ao defender as manifestações do dia 15 de março contra o Congresso. O PSL repudia veementemente a atitude, que fere as instituições e o equilíbrio entre os Poderes”, diz a legenda presidida por Luciano Bivar no Twitter.

“Bolsonaro abusa de um comportamento recorrente: em vez de debater assuntos urgentes à população e costurar o apoio às reformas, gasta energia com tentativas de desqualificar o Parlamento e o Supremo Tribunal Federal”, afirma a sigla.

 

https://twitter.com/PSL_Nacional/status/1232680953438445568?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1232680953438445568&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.brasil247.com%2Fpoder%2Fpsl-bolsonaro-ataca-a-democracia-ao-defender-atos-contra-o-congresso

247

OUTRAS NOTÍCIAS