Fábio Porchat promete mesclar humor e drama no filme “Entre Abelhas”

O humor escrachado de Fábio Porchat está com os dias contados. Pelo menos essa é a promessa do ator em seu quinto longa-metragem, “Entre Abelhas”, que está sendo rodado no Rio de Janeiro e tem estreia programada para o fim do ano. O humorista também é coprodutor e assina o roteiro ao lado do amigo Ian SBF, que dirige um filme pela primeira vez.

 

Na história, Porchat é Bruno, que, recém-separado da mulher, Regina (Giovanna Lancellotti), volta a morar com a mãe (Irene Ravache). Em crise, conta com a ajuda do melhor amigo (Marcos Veras). Bruno tropeça no ar, esbarra no que não vê e percebe que as pessoas ao seu redor estão desaparecendo. “Escrevi o roteiro há nove anos e nem era casado ainda, então, não é autobiográfico”, diverte-se Porchat. “O personagem é bastante complexo, mas a pegada do filme é real e cômica, no sentido de rir para não chorar.” “Credibilidade” No papel de mãe do Bruno, a veterana Irene Ravache é a única que sabe sobre a sua inusitada situação -de ver as pessoas desaparecendo-, no longa.

 

“É ela quem dá credibilidade ao filme”, brinca Porchat. Irene revela que seu papel não é cômico nem dramático. “Ela é uma mãe comum”, antecipa a atriz, que pensou ter recebido um trote de Marcelo Médici quando Porchat ligou para convidá-la para o longa. “Fiquei encantada quando li o roteiro e lisonjeada pelo convite, já que o Fábio faz muitas coisas e muito bem. As pessoas o adoram”, diz ela.  

Fonte: TV em foco/ Foto: web.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS