Tempo - Tutiempo.net

Destruído terminal logístico de Odessa usado para fornecer armas a Kiev, anuncia MD da Rússia

Depósito de arma destruído pela Rússia

O Ministério da Defesa da Rússia relatou que destruiu um centro logístico perto de Odessa com uma grande quantidade de armamento vindo dos EUA e da Europa.

A Força Aeroespacial da Rússia destruiu um terminal logístico perto de Odessa, que armazenava um grande lote de armas vindas dos EUA e da Europa, comunicou no sábado (23) Igor Konashenkov, representante oficial do Ministério da Defesa da Rússia.

“Durante o dia mísseis aéreos de longo alcance de alta precisão da Força Aeroespacial da Rússia destruiu um terminal logístico em um aeródromo militar perto de Odessa, onde era armazenado um grande lote de armas estrangeiras recebidas dos EUA e de países europeus”, disse Konashenkov.

A Força Aeroespacial russa atingiu 79 alvos militares da Ucrânia, entre eles seis postos de comando, 52 áreas de concentração de soldados e equipamento militar, 16 depósitos de foguetes e artilharia, munições e combustível, e quatro sistemas de mísseis antiaéreos, incluindo três Buk M-1 e um Tor, de acordo com o representante oficial.

O major-general acrescentou que três depósitos de armamentos, equipamento militar e munições foram destruídos perto de Iliichevka e Kramatorsk, o mesmo acontecendo com um sistema de mísseis terra-ar Buk M-1 e três radares perto de Novaya Dmitrovka.

As forças antiaéreas e de artilharia russas conseguiram atingir na última noite um caça Su-25, três helicópteros Mi-8, 15 drones, incluindo um Bayraktar TB-2, dois mísseis Tochka-U, três sistemas de defesa antiaérea Osa-AKM, três lançadores múltiplos de foguetes, 16 depósitos de armamentos militares, 33 centros de comando, 919 redutos inimigos, 124 posições de disparo da artilharia.

Ao mesmo tempo, a aviação da Rússia atingiu 11 alvos militares ucranianos, de acordo com Igor Konashenkov, sublinhando que sete redutos e áreas de concentração de soldados e equipamentos militares, com o inimigo perdendo até duas formações, 25 unidades de blindados e outros veículos, e três depósitos de armas de artilharia e foguetes.

“No total, durante a realização da operação militar especial, foram eliminados 141 aviões, 110 helicópteros, 541 veículos aéreos não tripulados, 264 sistemas de defesa antiaérea, 2.479 tanques e outros veículos de combate blindados, 278 lançadores múltiplos de foguetes, 1.081 peças de artilharia de campanha e morteiros e 2.321 unidades de veículos militares especiais”, resumiu Konashenkov.

Sputnik

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS