Tempo - Tutiempo.net

Líderes coreanos se reunirem pela segunda vez em um mês

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano Kim Jong Un durante encontro em Panmunjom

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder do Norte, Kim Jong-un, surpreenderam ao se reunirem neste sábado (26) na fronteira entre os dois países para tratar a celebração da cúpula entre o dirigente da Coreia do Norte e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Ambos mantiveram um encontro – o segundo em um mês – de duas horas na militarizada fronteira entre os dois países, segundo informou o escritório presidencial sul-coreano em comunicado.

O encontro entre os líderes aconteceu dois dias após a Coreia do Norte anunciar que desmantelou completamente o centro de testes nucleares Punggye-ri. A intervenção, que fechou completamente as entradas de túneis, tem o objetivo de “garantir a transparência da interrupção dos testes nucleares”, informou a agência estatal KCNA. Segundo o governo norte-coreano, dois túneis estavam prontos para serem usados em “poderosos testes nucleares subterrâneos”.

No mesmo dia, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cancelou a reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, que estava prevista para acontecer em 12 de junho, em Singapura. A Coreia do Norte lamentou e respondeu que a decisão de Trump “não está alinhada com os desejos do mundo” e que ainda quer resolver suas questões com os americanos.

Na sexta-feira (25), Donald Trump, considerou boa a reação da Coreia do Norte sobre o cancelamento da sua reunião com o líder norte-coreano e voltou a dizer que encontro pode acontecer no dia 12 de junho.

EFE

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS