Responsáveis pelo ataque no Quênia alugaram espaço no shopping semanas antes do cerco

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Os militantes responsáveis pelos ataques a um shopping em Nairóbi, no Quênia, haviam alugado um espaço comercial no local semanas antes do cerco, segundo apurou a BBC junto a altas fontes de segurança do país. A tática deu aos militantes acesso aos elevadores de serviço no shopping Westgate, o que possibilitou que eles estocassem armamentos e munição no local.

 

O estoque foi vital para que o grupo pudesse enfrentar as forças de segurança. Pelo menos 66 pessoas morreram no cerco, que durou quatro dias. Segundo a Cruz Vermelha, outras 61 continuam desaparecidas. Investigadores ainda buscam provas e corpos no local. O grupo extremista islâmico Al-Shabab, da Somália, parte da rede Al-Qaeda, assumiu a autoria do ataque.

 

Fonte: Redação/ Bahia Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS