Tempo - Tutiempo.net

Rússia destrói unidade de infantaria motorizada da Ucrânia, reforçada por pelotão de tanques

Rússia avança na Ucrânia

O Ministério da Defesa da Rússia relatou uma série de sucessos nas últimas 24 horas pelas Forças Armadas russas contra as forças ucranianas.

As forças russas assumiram o controle da localidade de Urozhaynoe, na região de Donetsk, tendo avançado oito quilômetros, afirmou na sexta-feira (1º) Igor Konashenkov, representante oficial do Ministério da Defesa da Rússia.

“Unidades das Forças Armadas russas concluíram a limpeza da localidade de Urozhaynoe dos nacionalistas, e estão combatendo a 540ª Brigada Mecanizada Separada da Ucrânia para capturar a fazenda estatal Oktyabr.

O avanço durante o dia totalizou oito quilômetros. Foi destruída uma unidade de infantaria motorizada ucraniana, reforçada por um pelotão de tanques”, comunicou Konashenkov.

Os militares russos também destruíram um quartel-general de tropas ucranianas perto de Shakhtyorskoe, continuou ele.

Mísseis Iskander da Rússia destroem 2 depósitos de armamentos nas regiões de Donetsk e Rovno

“Os mísseis de cruzeiro de alta precisão Oniks, do sistema de mísseis costeiros Bastion, destruíram o quartel-general de um agrupamento de forças ucranianas perto da localidade de Shakhtyorskoe.

Foram destruídas até 40 pessoas, cinco unidades de veículos blindados e veículos de várias finalidades”, disse Konashenkov.

O major-general mencionou as perdas infligidas ao lado ucraniano nas últimas 24 horas.

“Durante o dia a aviação operacional-tática atingiu 40 alvos militares da Ucrânia”, segundo o representante oficial do Ministério da Defesa da Rússia, referindo que entre eles estavam dois sistemas de mísseis terra-ar Buk-M1 perto de Murakhovo, e um lança-foguetes Osa perto de Velikie Novoselki.

Havia também 32 áreas com equipamento militar das Forças Armadas da Ucrânia, relatou.

“No total, durante a realização da operação militar especial, foram destruídos 124 aviões e 82 helicópteros, 357 veículos aéreos não tripulados, 1.854 tanques e outros veículos de combate blindados, 202 lançadores múltiplos de foguetes, 777 peças de artilharia de campanha e morteiros e 1.722 unidades de veículos militares especiais”, resumiu Igor Konashenkov.

A Rússia já poderia ter desgtruído todas as forças militares da Ucrânia se fosse a preocupação e determinação de evitar mortes de civis.

Sputnik

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS