Fiocruz aponta que carga viral de nova cepa da covid pode ser até 10 vezes maior

Cepa 1 tem carga viral 10 vezes maior

Uma pesquisa coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Amazônia aponta que a carga viral da cepa P.1 do novo coronavírus, a variante reconhecida no Amazonas, pode ser até dez vezes maior quando comparada com outras cepas da doença.

A informação está disponível na plataforma Research Square, mas não foi oficialmente publicada.

O artigo é assinado por 29 especialistas, com base em dados desenvolvidos entre março de 2020 e janeiro deste ano.

O estudo também identifica que, ao contrário das outras cepas, a carga viral da P.1 não varia de acordo com a idade. Além disso, não houve diferença na carga viral de homens e mulheres.

Números atualizados

Nas últimas 24 horas, entre esta sexta-feira (26) e sábado (27), o Brasil registrou mais 1.386 óbitos e 61.602 casos confirmados, de acordo com o  Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Os dados permanecem apontando uma piora no quadro da pandemia no país.

Ao todo, a doença vitimou 254.211 pessoas, além de um total de 10.517.232 registros de infecções. O estado de São Paulo permanece como a unidade federativa com os maiores índices de mortes (59.428) e contaminações (2.037.267).

Saiba o que é o novo coronavírus

É uma vasta família de vírus que provocam enfermidades em humanos e também em animais.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que tais vírus podem ocasionar, em humanos, infecções respiratórias como resfriados, entre eles a chamada “síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS)”.

Também pode provocar afetações mais graves, como é o caso da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS).

A covid-19, descoberta pela ciência mais recentemente, entre o final de 2019 e o início de 2020, é provocada pelo que se convencionou chamar de “novo coronavírus”.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo.

A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Com informações da Agência Brasil

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS