Tempo - Tutiempo.net

Zanin se diz feliz por assistir a Moro, o ex-juiz parcial e investigado, reconhecer a prática de lawfare

Zanin e Moro

Advogado de defesa do ex-presidente Lula (PT), Cristiano Zanin, que derrotou as perseguições da Lava Jato no âmbito jurídico, ao divulgar um artigo seu nas redes sociais, nesta terça-feira, 8, se disse feliz “que Sérgio Moro finalmente reconheça a existência” da prática de lawfare.

“Lawfare constitui uma ameaça a toda ordem jurídica e à estabilidade democrática. Fico feliz que Sérgio Moro finalmente reconheça a existência dessa prática. Ela só não se aplica à própria investigação do agente que a praticou”, afirmou nas redes sociais.

Moro foi declarado parcial pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento contra Lula. Exerceu lawfare, isto é, perseguição jurídica, para prender injustamente o ex-presidente e tirá-lo das eleições.

Agora, Moro é investigado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre seu enriquecimento em uma empresa norte-americana, a Alvarez & Marsal, que lida com recuperação judicial de empresas falidas pela Lava Jato e Moro. Em sua defesa, ele alega que há prática de lawfare.

Brasil

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS