Jogador negro chora após comentário racista de radialista

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Marinho, jogdor do Santos o recista Fábio Beneditte

O comentarista Fabio Benedetti, da Rádio Energia 97, fez um comentário racista a respeito do jogador Marinho, do Santos, na noite da última quarta-feira (29).

O jogador, que é negro, foi expulso no fim do primeiro tempo da derrota do Santos por 3 a 1 para a Ponte Preta, que causou a eliminação do Campeonato Paulista.

No intervalo da partida, Benedetti foi questionado sobre o que diria ao jogador em um suposto grupo de Whatsapp do qual os dois fariam parte.

“Eu vou falar assim: ‘Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez’”, afirmou Benedetti, sobre o atleta do Santos.

O atacante Marinho foi às redes sociais desabafar depois de ser alvo do comentário. Nesta sexta-feira (31), no Instagram, o jogador publicou um texto e gravou vídeos em que aparece chorando.

“Quando acontece com a gente, a gente sente mais. E eu brigo toda hora. Por isso brigo pela causa, porque quando passamos na pele é horrível. E não podemos deixar isso passar. Eu sei quem eu sou, sei o valor que tenho. E aí, eu fico pensando, porque antigamente eu não tinha voz ativa, aí passavam despercebidas todas essas coisas (…). E a justiça não pune esses caras preconceituosos, vermes”, desabafou.

Revoltado com a situação, o jornalista André Rizek defendeu o atacante durante o “Seleção SporTV”.

“Santos é o Santos do Rei Pelé, Neymar, Coutinho, Mano Brown, Emicida. E ao saber que é um comentarista que fez isso, me pega ainda mais”, disse o apresentador.

Citando o crime de injúria racial, Rizek seguiu: “Racismo não é opinião, racismo é coisa de verme.”

Desculpas

Também no Instagram, Fabio Benedetti disse ter conversado com Marinho para pedir desculpas. Ele gravou um vídeo e escreveu um texto em que alega não ter tido intenção de ofender o jogador.

“Venho através deste vídeo pedir minhas sinceras desculpas pelo comentário infeliz que fiz ontem referente ao jogador Marinho. Quero reforçar que sou e sempre fui totalmente contrário à qualquer tipo de discriminação e lamento muito pelo ocorrido, em momento algum tive a intenção de ofender ninguém. Por isso, quero aproveitar essa infeliz situação que provoquei como oportunidade de aprendizado”, disse o comentarista.

RPP

OUTRAS NOTÍCIAS