Tempo - Tutiempo.net

Pazuello depõe na PF em inquérito sobre prevaricação de Bolsonaro

Pasuello suando frio

O ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, prestará depoimento à Polícia Federal nesta quinta-feira (29) no âmbito do inquérito que apura se Jair Bolsonaro incorreu no crime de prevaricação ao não tomar providências após ser informado sobre suspeitas de irregularidades e corrupção no caso da compra da vacina Covaxin, produzida pelo laboratório indiano Bharat Biotech, pelo Ministério da Saúde.

A informação é da CNN Brasil.

As investigações foram abertas após o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) e o irmão, o servidor público Luis Ricardo Fernandes Miranda, afirmarem ter levado o caso diretamente a Jair Bolsonaro.

Na ocasião, o ex-capitão teria dito que iria acionar a Polícia Federal para apurar as denúncias.

A reunião entre eles aconteceu no Palácio da Alvorada, no dia 20 de março deste ano.

Em seu depoimento à CPI da Covid, o deputado Luis Miranda disse que durante a conversa, Bolsonaro chegou a comentar que a compra do imunizante seria um “rolo de um deputado”.

O nome de Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara dos Deputados e ex-ministro da Saúde, teria sido citado por ele.

Com informações da CNN

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS