Tempo - Tutiempo.net

Polícia abre investigação sobre o caso do diretor da Caixa Econômica encontrado morto na sede do banco

Diretor encontrado morto ao lado da sede da CF

A Polícia Civil do Distrito Federal confirmou, nesta quarta-feira (20), que investiga o caso do diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa Econômica Federal, Sérgio Ricardo Faustino Batista, que foi encontrado morto ao lado da sede do banco, no Setor Bancário Sul (SBS), em Brasília, por volta das 22h de terça (19).

Segundo a corporação, “o caso segue em apuração, preliminarmente tipificado como suicídio, em razão da vítima ter sido encontrada já sem vida no lado externo do prédio sede da Caixa Econômica Federal”.

Ainda de acordo com a polícia, “por política de comunicação institucional, a PCDF somente informa os dados básicos quando da ocorrência desse tipo de fato.

A 5ª Delegacia de Polícia investiga o caso”. O corpo foi encontrado por um vigilante e um auxiliar de almoxarifado.

Em nota, a Caixa manifestou “profundo pesar pelo falecimento do empregado Sérgio Ricardo Faustino Batista”, e disse que colabora com as investigações.

“Nossos sinceros sentimentos aos amigos e familiares, aos quais estamos prestando total apoio e acolhimento. O banco contribui com as apurações para confirmar as causas do ocorrido”, diz o texto.

A Polícia Federal foi informada, por policiais civis, que há câmeras de segurança no prédio.

Quem era Sérgio Ricardo Batista?

Batista assumiu a diretoria de Controles Internos e Integridade da Caixa em março deste ano. Segundo a colunista do g1 Andreia Sadi, antes de se tornar diretor, ele foi um dos assessores estratégicos do ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, que caiu após ser alvo de denúncias de assédio sexual – Guimarães nega as acusações.

Segundo informações do site do banco, Batista era natural de Teresina (PI) e ingressou na instituição em 1989, por aprovação em concurso público. Ele fez curso de graduação em Economia na Universidade Católica de Brasília, com conclusão em 1999.

O que faz a diretoria de Controles Internos e Integridade da Caixa?

A Diretoria de Controle Interno e Integridade (Decoi) é para onde são encaminhadas todas as denúncias recebidas pelo canal de atendimento criado pela Caixa Econômica Federal – sobre qualquer tema, de corrupção a assédio sexual, como as que levaram à queda do ex-presidente do banco Pedro Guimarães.

Ainda de acordo com o banco, entre as atribuições da diretoria estão definir os procedimentos de proteção ao denunciante; acompanhar os desdobramentos das medidas protetivas para evitar retaliações e validar a aplicação dessas medidas, em conjunto com as áreas responsáveis.

As investigações serão também desenvolvidas tendo em vista aas denúncias formuladas contra o ex-presidente das Caixa

RCL

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS