Suplente de vereador é executado com dois tiros no peito

Foi executado na noite desta segunda-feira (27), no interior da residência do ex-prefeito de Barrocas, José Edilson de Lima Ferreira, situada na rua Pedro Esmeraldo Pimentel, o suplente de vereador daquele município, Reginaldo Oliveira da Silva, de 61 anos, mais conhecido como “Rege de Carranquinha”.

Segundo informações passadas pela polícia, Reginaldo foi morto no momento em que conversava com o ex-prefeito, por volta das 20h30m, na cozinha da casa. Dois indivíduos invadiram o imóvel e deflagraram dois tiros à queima roupa no peito da vítima. O ex-prefeito não foi atingindo porque no momento teria jogado uma cadeira nos criminosos e fugido para o quintal. Marcas de tiros ficaram cravados na geladeira e nas paredes. O suplente pertencia ao Partido Democratas (DEM) e foi candidato a vereador na eleição de 2012 pela segunda vez ficando na primeira suplência do partido com 116 votos.

O corpo foi removido por agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha e encaminhado para realização de necropsia no DPT de Feira de Santana. O delegado Daniel Fiúza, da Delegacia Territorial (DT) de Serrinha, abriu inquérito para investigar o caso.

Os autores do crime fugiram em seguida numa moto Honda, modelo Broz 150, tomando como destino a localidade de Boa União, área rural do município. O que levou ao homicídio de Reginaldo Oliveira a família não soube informar pois o mesmo não possuía inimigos.

 

A Polícia investiga também o fato de um veículo modelo Gol ter sido encontrado incendiado na estrada vicinal do povoado de Barreiras, zona rural de Barrocas, minutos depois do crime, ter relação com o assassinato.

 

 

Suplente foi atingido com dois tiros no peito;corpo foi removido para o DPT de Feira de Santana

 

Reginaldo Oliveira da Silva

Fonte: Redação / Fotos: Clériston Silva

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS