Universitário morre ao ser atingido por hélice de avião em fazenda

Corpo do universitário após acidente

Uma provável manobra equivocada ceifou a vida do universitário Ivaldo Alves de Barros Filho, 33 anos, em Barra do Garças, no Vale do Araguaia.

Ainda sob investigação, as informações preliminares dão conta de que Ivaldinho, como é chamado pelos amigos, estava ajudando na manutenção dos bicos de pulverização do avião agrícola, na Fazenda Nova Viena, quando foi atingido pela hélice e teve a cabeça decepada.

Estudante de Agronomia na Unemat de Nova Xavantina, ele era bastante conhecido nos meios agropecuários e estava concluindo a sua monografia.

As informações iniciais do Corpo de Bombeiros de Nova Xavantina, que participa da apuração dos fatos, dão conta de que a aeronave estava ligada no momento do sinistro.

E que, ao sair debaixo do avião, foi atingido na cabeça pela hélice da aeronave, vindo a óbito no local, em poucos instantes.

O corpo foi removido para o DPT para os exames legais que o fato requere.

helice2

Enviado por internauta

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS