A política feirense possui os verdadeiros oportunistas e autênticos chapas brancas

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

No passado, ou melhor, nos dois primeiros governos de José Ronaldo, alguns jornalistas e radialistas foram classificados como “chapa branca”, por diversos outros colegas.

No governo de Tarcísio Pimenta, parte dos acusadores trabalhou no governo “tarcisista” não se consideravam chapa branca.

Nesse governo atual, de José Ronaldo de Carvalho, os últimos acusadores esqueceram por completo o significado de ser chapa branca.

 Não votaram no prefeito, não aceitavam a política do atual prefeito, criticavam e condenavam as práticas tidas como “ronaldistas”.

E hoje assumem cargos e secretarias nesse que é o terceiro governo de José Ronaldo. O quê? E o que são eles?

 

Fonte: CL

OUTRAS NOTÍCIAS