Líder do PT na Assembleia Legislativa rebate declarações de Aleluia

 

As trocas de farpas entre aliados do governo e da oposição continuam. Após declarações do secretário de Transportes e Urbanismo de Salvador, José Carlos Aleluia (DEM), sobre a capacidade de gerenciamento do governador Jaques Wagner (PT), unificação dos partidos de oposição e do nível de campanha do PT para as eleições de 2014, o líder do PT na Assembleia, deputado Zé Neto, rebateu as críticas e disse que “não há comparações entre o atual governo e o já feito pela oposição”.

Durante entrevista ao Tribuna, Aleluia deixou clara a disposição de unificar a oposição e descartou qualquer possibilidade de aliança com o PT. “O único partido com o qual não posso enxergar aliança é o núcleo duro da esquerda. O PT é o núcleo duro do governo. Com esse não vou imaginar aliança porque seria pensar uma candidatura única e em política isso não está certo. Nós não pensamos e não governamos igual a eles”, disse o secretário de transportes, diferenciando a gestão do prefeito ACM Neto com a do governador petista.

“Em um ano de governo de ACM Neto dá para ver que há uma diferença muito grande na forma de governar. A maneira como eles governaram Salvador, o prefeito anterior foi sempre aliado do governo do Estado e fez o que fez com a cidade. Wagner está há sete anos governando o Estado e essa semana ele falou em um discurso que o ano de 2013 foi de crise”, afirmou.

De acordo com Zé Neto, se o discurso da oposição concentrar-se, apenas, em comparações, terão menos prestígio diante do povo. “Primeiro que Aleluia não tem o que comparar. Nós não perdemos em nada para eles. Construímos 10 hospitais e ainda fizemos oito vezes reajuste maior do que o do governo Paulo Souto e Aleluia. Entregamos 7,5 mil km de estradas, coisa que eles passaram 36 anos tentando arrumar. Em Salvador, o que ele esqueceu de ver é que graças ao nosso bom senso e mentalidade, que ele não tem, estamos ajudando e respeitando a prefeitura, mesmo sabendo que ela é oposição. Boa parte do que tem acontecido em Salvador tem o carimbo do governo do Estado e do Federal”, afirmou.

Segundo o secretário, a segurança pública será o tema mais trabalhado para as eleições de 2014, já que a Bahia tornou-se “o Estado campeão em criminalidade”, “Não sei o que Aleluia tem para falar sobre isso. No governo deles, a polícia tinha apenas 400 veículos, hoje temos 4.600. O salário do servidor público também melhorou bastante. Se antes um delegado ganhava R$1,6, hoje a situação é completamente diferente. O salário dos delegados baianos está entre os quatro melhores do país”, afirmou.

Aleluia ainda demonstrou-se disposto a ser o candidato da oposição, mas também ressaltou que Paulo Souto apresenta bom currículo político para disputar o Executivo. Com ironia, Zé Neto comentou as declarações do democrata e alertou Aleluia sobre uma possível “visita de Papai Noel”.

Fonte: Daniela Pereira

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS