R$500 mil/mês é o prejuízo do município de Feira com aluguéis de imóveis

Os gastos da Prefeitura de Feira de Santana com o pagamento de aluguéis de imóveis para abrigar secretarias e demais repartições públicas, provoca uma sangria nos recursos público em mais de R$500 mil/mês.

A grande maioria das secretarias estão funcionando em imóveis alugados, cujos valores orbitam entre 5 mil e 30 mil reais. Segundo informações, sem contar com os imóveis onde funcionam o Procon, SMTT e outros.

Quem detém o recorde de imóveis alugados é a Secretaria de Desenvolvimento Social, que gerencia o funcionamento de diversos programas sociais do Governo Federal, entre eles o Bolsa Família, Peti e outros.

Não existe definição de normas para o aluguel, tanto é verdade existe imóveis alugados em bairros nobres, como a Santa Mônica I e prédios históricos no centro da cidade, como o da Secretaria de Educação, que funciona no antigo Colégio Pequeno Príncipe.

O sistema de transparência da Prefeitura ainda não publicou, pela internet, os pagamentos realizados dos contratos de aluguéis nem informa os valores e a quantidade de aluguéis quando solicitada pela imprensa.

Fonte: Redação cljornal com informações de Jânio Rêgo

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS