Catadores e entidades organizam cooperativa

Catadores de materiais recicláveis da região Sul da cidade estão se organizando em cooperativa, e as articulações visando fortalecer o trabalho estão sendo impulsionadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social com a viabilização de espaço definitivo no bairro Fraternidade.

A iniciativa também conta com apoio da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) e Universidade do Estado da Bahia (Uneb), da ONG Disop Brasil, do Movimento de Comunidades Populares (MCP) e Cáritas da Igreja Católica e a Rede Solidária Ambiental.

Na manhã desta quinta-feira (23), catadores de materiais recicláveis e representantes de órgãos e entidades envolvidas no projeto se reuniram para definir as ações para viabilizar a cooperativa e a sua estrutura.

O secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira, observou que as entidades engajadas no processo de implantação da cooperativa já estão viabilizando o fornecimento de equipamentos como prensa, carros de mão e organização das instalações.

Nos próximos dias, técnicos das universidades vão visitar o espaço cedido pela Prefeitura para definir a estrutura necessária para funcionamento da cooperativa, de forma a torná-la eficiente e segura para agregar os profissionais que vivem da cata de materiais recicláveis.

Fonte: Secom

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS