Receita tributária de Feira cresce mais de 32% no segundo quadrimestre

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A receita tributária da Prefeitura de Feira de Santana teve acréscimo de 32,39% no segundo quadrimestre de 2013 com relação ao mesmo período do ano passado. Passou de R$ 74.250.904,37 para R$ 98.300.204,39. Para o secretário da Fazenda, Expedito Eloy, o crescimento está diretamente relacionado à credibilidade do governo.

 

Os detalhes fazem parte do relatório de avaliação de cumprimento das metas fiscais do 2º quadrimestre de 2013 da Secretaria da Fazenda, apresentado pelo secretário Expedito Eloy, em sessão extraordinária da Câmara Municipal, na tarde desta quarta-feira (25). Estava acompanhado de técnicos do Município e, na mesa, do vereador Robeci Lima, da Comissão de Finanças da Câmara Municipal.

 

O secretário atribuiu o crescimento da arrecadação à credibilidade da atual gestão municipal junto à população feirense. “O contribuinte está recolhendo consciente. Não houve aumento de alíquota e nem criação de novas alíquotas, entendemos que não adianta crescimento fruto de pressão”, afirmou.

 

Ele detalhou a avaliação das metas fiscais. Observou que a previsão de arrecadação era de pouco mais de R$ 21 milhões e atingiu R$ mais de 25 milhões. E informou que no último quadrimestre, o Governo Municipal manteve menos recursos em conta bancária, priorizando pagamento dos fornecedores.

 

As transferências correntes cresceram 4,1%. Nos últimos quatro meses a receita corrente líquida atingiu R$ 675.216.167,06. Dentre os destaques, a despesa com pessoal ativo atingiu R$ 331.370.903,73, ou seja, 49,08% da arrecadação. Enquanto isso, pensionistas e inativos somaram R$ 51.941.373,08, ou seja, 7,69%.

 

Ao parabenizar a equipe da Sefaz, o vereador Pablo Roberto (PT) observou que a capacidade de arrecadação é indiscutível e observou que “é através dos impostos que faz com que a cidade cresça e evolua”.

 

Já o presidente da Câmara Municipal, Justiniano França, enalteceu o tratamento que os contribuintes recebem na Sefaz, observando que não se compara a outros órgãos que têm a mesma função. O vereador Carlito do Peixe observou que os resultados são fruto da transparência do governo operoso com investimentos.

Fonte: Ronaldo Belo

OUTRAS NOTÍCIAS