Edvaldo Lima: combate a Feke News abre precedentes para impor censura à imprensa/ Sérgio Jones

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Curioso o que ouvi de um cidadão feirense ao entabular um bate papo em caráter informal. Ele se referiu ao vereador Edvaldo Lima (MDB), como uma espécie rara de besta humana que se encontra empoleirado no legislativo feirense, tendo como finalidade propalar absurdos e todo o tipo de preconceito.

Faço essa observação inicial apenas para demonstrar o meu espanto diante do citado edil, que diariamente nos surpreende a todos, com as suas costumeiras tomadas de posições, totalmente descontextualizadas.

A pérola mais recente do “egrégio” vereador foi o fato de ter sido ele, o único a se posicionar contrário ao projeto de lei de autoria do vereador petista Alberto Nery que visa combater as Fakes News.

O argumento ou justificativa utilizado pelo arremedo de legislador é de que o mesmo abriria precedente para impor censura à imprensa.

Desde quando Fake News pode ser considerado como imprensa? Só se considerarmos tal prática utilizada pelo Bozo e suas milícias durante as eleições em que ele acabou obtendo êxito eleitoral através dessa prática, nada convencional.

O importante é que o projeto de Lei de autoria do vereador Alberto Nery acabou sendo aprovado durante sessão realizada na quarta-feira (21). Prevalecendo a razão sobre a estupidez de um vereador fundamentalista e obtuso.

Seus posicionamentos equivocados transitam na contramão da história e dos interesses da sociedade brasileira.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

OUTRAS NOTÍCIAS