Força do Itapicuru: família ilhada em Nordestina e Jorrinho inundado marca o domingo

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Jorrinho está alagado

Quatro pessoas de uma mesma família estão neste momento ilhadas na localidade de Barragem, no Município de Nordestina, depois do aumento repentino do nível do Rio Itapicuru.

Um helicóptero do Grupamento Aéreo da Policia Militar de Salvador deverá está chegando a qualquer momento na localidade para fazer o resgate.

O rio Itapicuru aumentou de ontem (sábado) para hoje (domingo dia 24) depois que a Barragem de Ponto Novo transbordou, assim acabou inundando cidades, fazendas, povoados banhados pelo rio, a exemplo do Jorrinho, importante comunidade turística de Tucano, que alagou a parte mais alta aonde estão as famosas bicas e restaurantes.

Para melhor entender a situação é muito parecida com a barragem de Mariana em Minas Gerais, logicamente não da mesma forma, seria se tivesse o rompimento da barragem, mas no caso do Rio Itapicuru só foi a parte do sangradouro.

O que difere também as duas barragens é a qualidade da água, enquanto a de Mariana não servia para nada, pois a água estava misturada a lama de minério,  a de Ponto Novo é a que abastece dezenas de cidades.

Em Queimadas por onde o rio passa com muita força chegou a desabrigar muitas famílias, e a Policia Militar teve que trabalhar durante toda madrugada, assim informou ao Calila, tenente Daniel, comandante do Pelotão local.

Segundo o oficial diante do perigo que está oferecendo, passou a disciplinar o trânsito sobre a Ponte dos Carros, única ligação de quem passa por Queimadas para cidades de Cansanção, Monte Santo, Itiúba e BR 407, e BR 116 via Euclides da Cunha.

OUTRAS NOTÍCIAS