Carlos Lima
Hoje dia 13/12/2019 às 15:14:14

Agronegócio
Carlos Lima | Publicado em 12/11/2019 às 09:44:17

Primeiros exames de pescado atingido por óleo não apontam riscos ao consumo.

Primeiros exames de pescado atingido por óleo não apontam riscos ao consumo. Foto: Embrapa Pesca e Aquicultura

O Ministério da Agricultura disse nesta segunda-feira (11) que os primeiros resultados de exames das amostras de pescado do litoral nordestino atingido pelo vazamento de óleo mostram que “o produto está próprio para o consumo humano”.

As amostras foram coletadas em estabelecimentos registrados no Serviço de Inspeção Federal (SIF), nos últimos dias 29 e 30, nos estados da Bahia, do Ceará, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte. E foram analisadas pelo Laboratório de Estudos Marinhos e Ambientais da PUC/RJ, a pedido do ministério.

Segundo o governo, foram encontrados níveis baixos de Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPA) — indicadores para contaminação por derivados de petróleo — em peixes e lagostas avaliados.

O ministério afirma que amostras continuam sendo colhidas e, conforme a liberação dos resultados das análises, eles serão divulgados, com atualizações das recomendações.

G1

Comentários

comentários

Veja também