Carlos Lima
Hoje dia 20/10/2019 às 09:19:58

Sergio Jones
Carlos Lima | Publicado em 25/09/2019 às 15:17:02

Prefeito Colbert é acusado de se utilizar da máquina pública para beneficiar familiares/ Por Sérgio Jones*

Prefeito Colbert é acusado de se utilizar da máquina pública para beneficiar familiares/ Por Sérgio Jones*

Já se tornou prática comum, infelizmente, tais noticiários ocuparem as manchetes de jornais dos mais diversos matizes ideológicos. Em Feira de Santana, não poderia ser exceção à regra.

A denúncia da prática de nepotismo tem a sua origem em um áudio-vídeo que anda circulando no Sistema Global de Redes de Computadores Interligados, conhecido como Internet.

No qual o seu autor é o empresário do ramo de confecções de Feira de Santana, senhor Nelson Roberto de Oliveira e Silva, vulgarmente conhecido como “Rei Nelsinho”.

Importante observar que o duble de político e proprietário, do Hiper Lojão Kamys é uma figura bastante conhecida e controvertida, no meio local. Quando resolveu ingressar na carreira política, procurou se abrigar no guarda-chuva dos segmentos políticos mais conservadores e reacionários do município.

Mas por algum motivo inexplicável, sempre foi considerado um estranho no ninho. Comportamento este que acabou desenvolvendo nele, um forte sentimento de rejeição.

Diante do quadro exposto não lhe restou outra opção, a não ser partir para o ataque. O que já vem acontecendo de forma sistemática.

Estes, têm sido mais intensos, com a aproximação do ano eleitoral. Sendo o mais recente com relação as práticas adotadas, pelo atual “mandatário”, de nepotismo político.

O denunciante acusa o “mandatário”, em tom de deboche, e tece fortes críticas ao estilo administrativo adotado por Colbert Martins. O qual acusa de ter empregado parcela significativa da família dele, sob o abrigo da dadivosa máquina pública.

Na sequência, sentencia o denunciante: “só está faltando mesmo contratar o papagaio e o cachorro do clã Martins”, finaliza com um forte sotaque de ironia em sua fala.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com

Comentários

comentários

Veja também