Carlos Lima
Hoje dia 21/11/2017 às 22:53:04

Feira
Carlos Lima | Publicado em 10/11/2017 às 17:04:28

Com reforma Colégio Municipal Joselito Amorim se transformará em uma escola inclusiva

Com reforma Colégio Municipal Joselito Amorim se transformará em uma escola inclusiva Escola será preparada para atender alunos com deficiência

O novo Centro Integrado de Educação Municipal Professor Joselito Amorim, que passa por ampla reforma, será totalmente adaptado para incluir alunos com deficiência e integrar toda a comunidade escolar. “Com esta obra queremos reafirmar o direito a um espaço que é de todos. Uma escola realmente inclusiva”, afirma a arquiteta Beth Alvim, uma das responsáveis pelo projeto.

Com 1.234 alunos matriculados, o atual Centro Integrado Joselito Amorim é uma das maiores escolas da Rede Municipal de Ensino. É também a que atende a um maior número de alunos com deficiência, ao total, 169. Por este motivo, a Secretaria de Educação investe em uma nova estrutura a fim de atender as necessidades dos estudantes, professores e também dos pais e responsáveis pelos alunos.

A unidade de ensino também uma Sala de Recursos Multifuncional, para Atendimento Educacional Especializado (AEE), onde os alunos com deficiência terão acesso a uma série de atividades voltadas para o seu desenvolvimento intelectual. O espaço é subdivido em quatro salas e cada uma oferecerá um atendimento específico.

O Centro Integrado de Educação Municipal Professor Joselito Falcão de Amorim ganhará novas áreas: um jardim sensorial, um auditório, um amplo pátio coberto e outros ambientes. O jardim utiliza as plantas como estímulo para aguçar os cinco sentidos, além de proporcionar um contato com a natureza, promovendo assim, novas experiências.

Toda a escola ganhou rampas de acesso e acessibilidade. Na entrada, uma área de convivência será implementada e serão instalados bancos. Uma nova pintura irá contribuir para revitalizar os espaços. O prédio passa ainda por uma total requalificação do telhado, dos revestimentos externos, revisões elétrica e hidráulica.

Na manhã de quarta-feira, 8, a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, visitou as instalações. “Esta é uma das maiores obras que já realizamos em uma escola municipal. O investimento é da ordem de R$ 2.636.989,16. Atuei durante muitos anos na área de Educação Especial e sei a importância de termos uma escola totalmente preparada para atender as necessidades dos alunos com deficiência. Isso me deixa realizada e feliz”, afirma.

Professora Marta da Graça Lima, gestora da escola: “A função social da Educação é a inclusão, independentemente de qualquer coisa. E um dos ambientes em que a formação intelectual se desenvolve é a escola. Então, esse espaço precisa estar adequado para atender a necessidade do aluno. Estou muito feliz por esta escola se transformar neste centro dedicado à inclusão”.

O Joselito ganhará ainda uma grande área coberta para a integração com a comunidade escolar, onde também serão realizadas as aulas do Programa Música na Escola, que proporciona o aprendizado de instrumentos musicais a diversos alunos da Rede Municipal de Ensino. Um auditório está sendo construído para abrigar os eventos que serão realizados durante todo o ano.

Um amplo refeitório também está sendo construído e a escola se tornará a primeira dentre as 217 da Rede Municipal a receber uma cozinha industrial, que atenderá aos alunos.

Os estudantes do Programa Mais Educação que, em um turno aprendem conteúdos do conteúdo regular e, no turno oposto, participam de atividades lúdicas, também serão beneficiados com a reforma da escola. Para as aulas do programa, foram construídas quatro novas salas.

Secom

Comentários

comentários

Veja também