Responsáveis por vídeo divulgado pelo Planalto devem ser investigados

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

O vídeo divulgado se vale de um proselitismo político de Guerra Fria para afirmar, grosseiramente, que o Exército “apenas cumpriu seu papel” no triste 31 de março de 1964.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a assessoria de imprensa do Planalto confirmou o vídeo, e que o canal usado para tanto é oficial da Presidência da República.

Valeu-se, portanto, de um canal oficial – mantido por servidores e recursos públicos – para celebrar a ditadura que cometeu crimes contra a humanidade.

Isso é inaceitável porque houve flagrante violação dos princípios constitucionais.

Por isso, anuncio que, como Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, amanhã irei apresentar requerimento de informação para saber quem foram os autores, os responsáveis pela divulgação e o custo de produção do material.

Amanhã também solicitarei que o Ministério Público Federal investigue se neste ato houve a prática de improbidade administrativa.

https://www.youtube.com/watch?v=CBzSr-rz_Ag

Helder Salomão

OUTRAS NOTÍCIAS