Carlos Lima
Hoje dia 21/11/2017 às 22:49:34

Política
Carlos Lima | Publicado em 14/11/2017 às 14:40:14

Com indefinição do PSDB, senadores do PMDB buscam aliança com Lula

Com indefinição do PSDB, senadores do PMDB buscam aliança com Lula SENADORES DO PMDB DEVEM APOIAR LULA EM 2018

Um grupo de senadores do PMDB, considerados da chamada ‘velha guarda’ do partido, pretende subir no palanque com o ex-presidente Lula em 2018.

Isso por conta de alianças que vêm sendo costuradas em seus Estados entre os dois partidos, PMDB e PT.

Fazem parte da estratégia os senadores Renan Calheiros (AL), Jader Barbalho (PA), Edison Lobão (MA), Roberto Requião (PR) e, mais recentemente, Eunício Oliveira (CE). A exceção de Romero Jucá (RR), aliado fiel do governo Temer no Congresso.

No Ceará, Eunício já tenta até se acertar com o adversário que o derrotou em 2014 na disputa para o comando do Estado, o governador Camilo Santana, do PT, para compor uma chapa para 2018;

Além da popularidade de Lula, que é líder disparado na disputa à presidência, especialmente em estados como Norte e Nordeste, outro motivo para a movimentação dos peemedebistas é a indefinição do PSDB.

No Ceará, por exemplo, Eunício já tenta até se acertar com o adversário que o derrotou em 2014 na disputa para o comando do Estado, o governador Camilo Santana (PT), para compor uma chapa para 2018. Isso porque há uma desconfiança, entre os peemedebistas, dos reais planos do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), que se lançou na semana passada candidato a presidente nacional do partido. A suspeita é de que, na verdade, ele queria se lançar também à presidência da República.

 

Leonardo Attuch

Comentários

comentários

Veja também