Carlos Lima
Hoje dia 19/11/2017 às 16:14:54

Prefeitura
Carlos Lima | Publicado em 17/10/2017 às 09:32:26

Tratamento de pele em recém-nascidos do Hospital da Mulher é destaque em São Paulo

Saúde em Feire de Santana é destaque no tratamento de recém nascidos

Tratamento de pele em recém-nascidos do Hospital da Mulher é destaque em São Paulo Hospital da Mulher destaque no tratamento de pele dos recém nascidos

O tratamento de lesão de pele em recém-nascidos, realizado pelo Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher, foi destaque durante VII Congresso Brasileiro de Enfermagem Pediátrica e Neonatal realizado na capital paulista.

Defendido pela enfermeira Juliana Rigaud, da unidade hospitalar municipal, o projeto denominado ‘Tratamento de lesão causada por extravasamento de soluções hiperosmolares em recém-nascidos’ foi apresentado em formato de banner durante a celebração dos 21 anos da Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras (Sobep) pela liderança da qualidade do cuidado às crianças e famílias, reunindo pesquisadores e educadores da área de todo o país.

O acompanhamento desse tipo de tratamento de lesão de pele em recém-nascidos (RNs) no Hospital da Mulher e as poucas pesquisas encontradas sobre o tema motivaram a pesquisadora para a publicação do trabalho, entre 30 de setembro e 3 de outubro, em São Paulo.

O estudo da enfermeira apresenta relato de experiência que descreve a vivência da Comissão de Cuidados da Pele do HIPS diante do tratamento sob protocolo institucional de recém-nascidos que tiveram a pele em contato com soro composto de glicose em alta concentração e gluconato de cálcio, provocando graves irritações, bolhas e até lesões.

A pesquisa revelou que o uso curativo diário com hidrogel sem alginato de cálcio em lesões de pele de RNs preservou o tecido de granulação recém-formado durante as trocas e estimulou a cicatrização.

“A pesquisa consiste em mostrar um caso específico de baixa incidência em neonatos. O tratamento foi totalmente baseado em evidências, sem o uso de produtos de forma empírica [baseado na experiência ou observação]. Foi feito com base na literatura, utilizando muitas referências internacionais na busca dos melhores tipos de tratamento para as lesões em recém-nascidos”, explica.

Entre os diversos palestrantes, o Doutor Franco Carnevale da Universidade McGill (Montreal/Canadá) proferiu a conferência de abertura com o tema “Ouvindo a voz da criança” seguido da conferencista holandesa Monique Van Dijk, coordenadora de todas as pesquisas de enfermagem nos departamentos de Cuidados Intensivos Neonatais e Pediátricos do Hospital Infantil Erasmus MC-Sophia de Roterdã, na Holanda.

A especialista, que esteve acompanhada da coordenadora da UTI Neonatal do Hospital da Mulher, a enfermeira Karine Cardoso, relatou que os participantes do Congresso ficaram “encantados” com o serviço prestado na unidade hospitalar em Feira de Santana.

“Foi gratificante mostrar o nosso trabalho desenvolvido aqui em Feira. Além de leva-lo, aprendemos muito e trocamos experiências com especialistas de todo o país. Trouxemos muitas novidades para a assistência relacionada à pediatria e neonatologia do Hospital”.

Gilberte Lucas, presidente da Fundação Hospitalar de Feire da Santana (FHFS), ressalta que mais uma vez o Hospital da Mulher revela nacionalmente o cuidado que a gestão municipal tem com a saúde da comunidade feirense.

“O objetivo da gestão do prefeito José Ronaldo é atender sempre a população de forma humanizada e continuar fazendo desta unidade hospitalar uma referência na saúde. Nossa equipe, mais uma vez, está de parabéns pelos resultados do trabalho e pela dedicação”.

Secom

Comentários

comentários

Veja também