Carlos Lima
Hoje dia 13/11/2018 às 20:28:45

Região
Carlos Lima | Publicado em 09/10/2018 às 10:29:12

Aulões para o Enem são realizado em outubro para alunos de escolas estaduais da Bahia

Aulões para o Enem são realizado em outubro para alunos de escolas estaduais da Bahia Aulões para o Enem são realizados em outubro para estudantes das escolas estaduais da Bahia — Foto: Suami Dias/GOVBA

Atividades, que são gratuitas, serão realizadas no auditório da Secretaria da Educação do Estado, em Salvador.

Os estudantes das escolas estaduais de Salvador poderão contar com aulões gratuitos de preparação para o Enem 2018, que ocorre nos dias 4 e 11 de novembro. As atividades, que são promovidas pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), serão nos dias 16, 17,

18, 19 e 22 de outubro, no auditório da secretaria, localizada no Centro Administrativa (CAB).

A SEC ainda detalhou que as aulas serão nos turnos matutino (8h às 11h30) e vespertino (14h30 às 17h30). A atividade reunirá 1.600 estudantes de 40 colégios da rede estadual da capital baiana, e contará com a participação de professores convidados e momentos de meditação.

A SEC informou que, além dos aulões, os estudantes da rede estadual de ensino estão sendo submetidos a simulados do Enem, com o objetivo de revisar conteúdos e familiarizar os estudantes com o ambiente do exame, além de chamar atenção dos estudantes para horários de chegada no dia da aplicação do Enem.

A Secretaria da Educação disse que, para dar apoio aos estudantes, disponibiliza mais de 6,5 mil conteúdos digitais educacionais gratuitos no Portal da Educação. Esse material é organizado por disciplinas, área do conhecimento, temas transversais, tipo de mídia, acessibilidade e sites temáticos para uso em sala de aula ou como suporte nos estudos.

Na plataforma digital consta também uma rede social educacional denominada Espaço Aberto, na qual professores podem trocar e compartilhar experiências do uso dessas tecnologias. Além disso, há links para softwares de apoio para produção e colaboração, visando que os educadores participem com produção própria.

G1

Comentários

comentários

Veja também