Rápidas na Política

 

Cúpula do PT questiona candidatura de Gabrielli

O secretário de Planejamento do Estado, José Sérgio Gabrielli, já enfrenta a primeira dificuldade de sua candidatura ao governo do Estado.

Um influente membro da cúpula petista teria afirmado que  Gabrielli teria cometido diversos erros e estava sendo questionada internamente.

A corrente majoritária no cenário nacional que é a responsável pela indicação de Gabrielli recebeu do governador Jaques Wagner a informação de que ele vem encontrando sérias dificuldades para se firmar como candidato.

Aloizio Mercadante é internado no início dessa tarde em Brasília

 O ministro da Educação, Aloizio Mercadante foi internado no início da tarde desta sexta-feira (19) no Hospital das Forças Armadas em Brasília.

Mercadante se queixou de dores no corpo, fato que acontecia desde o dia de ontem. A assessoria do hospital, ainda não divulgou nenhum boletim sobre a saúde do ministro.

O ministro desde às 15h passa por diversos exames  e deve durar por toda essa tarde. Após a conclusão dos exames o hospital deve divulgar um boletim médico, entretanto não há, no momento,  previsão de alta médica

Jaguaripe: Ex-prefeito acusado de superfaturar obra

O ex-prefeito do município de Jaguaripe, Arnaldo Francisco de Jesus, está sendo acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de contratar empresa que superfaturou a construção de uma escola municipal em mais 250 mil reais.

Além do ex-prefeito a empresa SK Comércio e Locadora de Equipamento de Terraplanagem, através do seu representante legal, Ciro Santana Lima, estão respondendo a processo.

STF publica divulga resultado do julgamento do mensalão

 Um resumo do resultado do julgamento da Ação Penal 470, o mensalão, foi publicado nessa sexta feira no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) pelo Supremo Tribunal Federal.

A publicação dos votos dos ministros ainda não aconteceu, o STF deverá publicar na próxima segunda-feira (22).

O resumo tem 14 páginas, o total deve ter mais de 2,2 mil documentos com votos e intervenções dos ministros sobre o caso.

A publicação dos votos é necessária para a defesa dos 25 condenados entrarem com recursos e o Ministério Público Federal (MPF) se pronunciar sobre as 12 absolvições.

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS