Ingrid Silva é a primeira bailarina negra e brasileira a ser palestrante principal em Harvard

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email
Primeira bailarina brasileira, negra ser conferencista em Harvard

A bailarina brasileira Ingrid Silva foi convidada para ser a palestrante oficial no evento da Harvard Lead Conference, que será no próximo dia 17 de janeiro.

O anúncio foi feito pela própria Ingrid em sua conta do Twitter, nesta segunda-feira.

“E com muito Orgulhoooo que eu compartilho esta novidade inédita com vocês. Eu vou ser palestrante principal, que será dia 17 de Janeiro. Eu sou a primeira brasileira e a primeira bailarina negra a ser palestrante principal”.

Nascida e criada no bairro de Benfica, no Rio de Janeiro, Ingrid Silva se tornou a primeira bailarina do Dance Theatre of Harlem, a primeira companhia clássica do mundo para negros.

Ela começou a carreira em um projeto social “Dançando Para Não Dançar”, de Teresa Aguilar, no Morro da Mangueira.

Por meio do projeto, ganhou bolsa para a Escola de Dança Maria Olenewa, do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e para o Centro de Movimento Deborah Colker. Aos 17 anos, foi a Belo Horizonte estagiar com o renomado Grupo

Julinho Bittencourt

OUTRAS NOTÍCIAS