Tempo - Tutiempo.net

Após reajuste, juízes vão ao STF pedir auxílio-alimentação

Malhete símbolo do poder

Além de receberem um reajuste de 16,38%, juízes vão ao Supremo Tribunal Federal (STF) para conseguir mais um benefício: o auxílio alimentação.

Assim como fizeram com o auxílio-moradia, dirigentes de associações que representam os juízes estão em romaria ao Supremo Tribunal Federal para tentar impedir que a corte acabe com o auxílio-alimentação da magistratura.

De acordo com a publicação, a  ação que trata do assunto será analisada dia 12.O primeiro a ouvir a cantilena foi o ministro Dias Toffoli. Agora, Ricardo Lewandowski deve receber os defensores do penduricalho.

Como foi noticiado ontem (29), para agradar aos juízes e conceder o reajuste de 16,38%, o presidente Michel Temer cogita cortar mais R$ 1,1 bilhão de investimentos, deixando para o próximo governo o mais baixo patamar de recursos para essa rubrica dos últimos dez anos.

Agora chegou a vez do auxilio-alimentação.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS