Tempo - Tutiempo.net

Feira: a reprodução do mal/ Por Sérgio Jones

Fernando Torres e Targino Machado

O grau de irresponsabilidade, desprezo e o respeito que o político deveria ter pelo cidadão é totalmente evidenciado durante pronunciamento, descabido, feito pelo presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, Fernando Torres (PSD).

Este, durante conversa informal mantida com o ex-deputado Targino Machado (DEM), eleito em 2018. Cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por prática de abuso do poder público, durante campanha eleitoral.

Torres teve a desfaçatez e o cinismo de defender o retorno desse político à vida pública, o ex-deputado. E avaliou como uma grande perda para Feira de Santana a cassação do mandato dele, na Assembleia Legislativa.

“É uma pena Feira de Santana perder um deputado do nível de Targino, atuante, que exerce seu papel de fiscalizador do dinheiro público do Estado e até hoje ainda não foi definido se ele será candidato novamente ou não”.

É para rir ou chorar?

Não se dando conta de seu comportamento abjeto, o vereador deixou em aberto a possibilidade de direcionar convites aos seus pares no sentido de que juntos com ele, se dirijam ao ex-deputado para pedir que o mesmo retorne à vida pública.

Comportamento desse nível talvez explique o desgaste e o desprestígio em que se encontra a classe política, perante o conceito popular.

“Acho que Feira merece”. Você pode até achar Torres, mas acredito que as pessoas sérias não devem corroborar com a sua desqualificada opinião.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS