Tempo - Tutiempo.net

Feira vive uma tragédia anunciada/ Por Sérgio Jones

COLBERT COMEMORA VITÓRIA COLOCANDO EM RISCO A VIDA DOS FEIRENSES

Em uma ora oportuna, nesta segunda-feira (7), o vereador Roberto Tourinho (PSB) da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, chamou à atenção, acertadamente, para o exponencial crescimento do número de casos da Covid -19 no município após as eleições.

Período em que boa parte das obrigatoriedades de prevenção não foram respeitadas, inclusive com a realização de aglomerações a exemplo ocorrido durante ato comemorativo da vitória nas eleições do prefeito de direito e não de fato, Colbert Martins.

O ato bestial associado a irresponsabilidade de seus idealizadores foi promovido justamente por quem deveria dar exemplo. O centro do espetáculo dos horrores ocorreu na noite de domingo de 15 de novembro, na Avenida João Durval, proximidades do viaduto.

Em franca desobediência, ao bom senso e ao momento em que vivenciamos, centenas de pessoas se aglomeraram no local, maioria sem estar portando máscaras. O som alto juntamente com explosões de fogos de artifícios se prolongaram até próximo à meia noite, em franco desrespeito e desobediência a lei do silencio.

Lei Ordinária 373622017 de Feira de Santana que dispõe sobre sons urbanos.

O resultado de todo esse crime perpetrado pelo prefeito eleito e seus áulicos começam a apresentar os seus estragos perversos, com o registro do aumento da Covid-19. O município já conta com mais de 300 mortos e milhares de infectados.

Todo esse débito macabro tem endereço certo. Se não hoje, no futuro deverá ser cobrado aos autores de tal façanha criminosa cometido contra o povo, que atenta com esta ação contra o bem maior da humanidade, que é a garantia e preservação da vida destes.

Sérgio Jones, jornalista (sergiojones@live.com)

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS