Tempo - Tutiempo.net

Bolsonaro deverá ir às 14hs de hoje ao Ministério da Economia dizer que Paulo Guedes contrinua no cargo

Bolsonaro e Paulo Guedes, unidos na destruição do país

Em meio à crise resultante da pressão para furar o teto de gastos visando viabilizar recursos para a criação do Auxílio Brasil, que provocou uma debandada de integrantes da equipe econômica.

Jair Bolsonaro deverá ir ao Ministério da Economia às 14h30 desta sexta-feira (22) para reafirmar que o chefe da pasta, Paulo Guedes, permanecerá à frente do cargo.

De acordo com informações do jornal O Estado de São Paulo,  também existe a expectativa de que os novos secretários que irão ocupar as vagas deixadas em aberto após a saída de quatro auxiliares de Guedes sejam anunciados nesta sexta-feira.

No momento, um dos nomes mais cotados para assumir o cargo de secretário especial do Tesouro e Orçamento é o do economista Esteves Colnago.

Colnago ocupa atualmente a chefia da Assessoria Especial de Relações Institucionais do Ministério da Economia e é responsável pelo relacionamento com parlamentares e a ala política do governo.

A tendência é que a recomposição da equipe seja feita de forma conjunta entre o ministro e o novo secretário.

Brasil

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS