Jovens ateiam fogo em escola no RS; dois dos quatro suspeitos são alunos

Por conta do vandalismo praticado por quatro adolescentes em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre, na madrugada de segunda-feira (12), centenas de estudantes estão sem aula na Escola La Hire Guerra. O grupo é responsável por provocar um incêndio no prédio da instituição, que causou uma série de estragos.

 

Salas de aula, de vídeo e até um espaço dedicado a alunos com necessidades especiais ficaram destruídos. Móveis, materiais didáticos e computadores também foram queimados. A sala mais atingida foi a que guardava instrumentos musicais da banda do colégio.

 

De acordo com a perícia preliminar, o prédio foi arrombado e uma garrafa de álcool usada para atear fogo nas cortinas. As chamas se espalharam pelo teto, queimando o forro, que derreteu. No meio da destruição, a biblioteca e os livros não foram atingidos.

 

Conforme a polícia, dois adolescentes, de 14 e 16 anos, assumiram a autoria. Eles disseram ter ingerido bebidas alcoólicas e decidido invadir o prédio. Outros dois jovens negaram envolvimento. A diretora da escola, que foi professora de um dos meninos, se disse chocada com o que viu. “Foi uma surpresa, um dos vândalos foi aluno na escola maternal”, comentou Fabiana Rodrigues.

 

As aulas devem ser retomadas na próxima semana, mas o prédio atingido pelo fogo deve ficar interditado por pelo menos 45 dias. “Estamos fazendo levantamento com engenheiro, ainda não calculamos os prejuízos”, disse o prefeito Sergio Munhoz, que acompanha o caso.

 

Os quatro jovens envolvidos já falaram à polícia e foram liberados para ficar em casa com os pais. Dois deles são alunos do colégio. A Polícia Civil deve pedir à Justiça a internação de todos eles.

Fonte: Redação, com informações do G1

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS