Tempo - Tutiempo.net

Mais corrupção: Bolsonaro libera recursos para 52 escolas fake no Piauí, estado de Ciro Nogueira

Bolsponaro afunda a educação

Os esquemas de corrupção no governo Bolsonaro e do centrão estão destruindo a credibilidade do Ministério da Educação.

“Controlado pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) autorizou a construção de 52 ‘escolas fake’ no Piauí, abandonando 99 obras de colégios, creches e quadras poliesportivas que estavam em andamento no Estado.”

“A maior parte dos contratos para as obras foi fechada com prefeituras piauienses comandadas pelo Progressistas, partido do qual o ministro é presidente nacional licenciado.”

“Os números mostram que Nogueira usa dinheiro da educação para turbinar a campanha eleitoral de aliados no seu reduto eleitoral. Entre as candidaturas está a da sua ex-mulher Iracema Portella”, informam  Julia Affonso, Breno Pires e André Shalders, em reportagem publicada no Estado de S. Paulo.

O esquema é operado no FNDE, presidido por Marcelo Ponte, ex-chefe de gabinete do ministro.

Apesar de haver 3,5 mil obras paradas, o governo preferiu dar prioridade à construção de 2 mil novas escolas, mas repassando recursos insuficientes para sua execução.

A estratégia garante a deputados aliados alardear em suas bases a conquista de obras que, na prática, não serão executadas por falta de previsão orçamentária”, apontam os jornalistas.

Brasil

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS