OAB vai recorrigir prova do Exame de Ordem

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Anúncio feito nesta quinta-feira (04) pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) diz que os candidatos da prova prático-profissional de direito constitucional do IX Exame de Ordem terão suas avaliações recorrigidas.

A peça que passará por uma nova correção é a chamada “Mandado de segurança”. O resultado preliminar será divulgado no dia 15 de abril.

“Após essa divulgação, os examinandos poderão apresentar novo recurso para análise da banca”, diz o comunicado. Os candidatos terão entre as 12h do dia 16 e as 12h do dia 19 de abril para entrar com recurso. O resultado definitivo, segundo a OAB, será publicado no dia 26 de abril e incluirá uma nova lista de candidatos aprovados.

Decisão foi tomada em ‘razão das dúvidas suscitadas por examinandos após a divulgação do gabarito da peça profissional na área Constitucional”, divulgado em 22 de março.


OAB-BA pediu nova avaliação

Na quarta-feira (3), a Seção do Estado da Bahia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) afirmou que enviou um ofício ao Conselho Federal da OAB “sugerindo uma nova avaliação” da peça prático-profissional da prova de direito constitucional do IX Exame de Ordem. Em nota publicada em seu site e assinada pela presidente da Comissão de Estádio e Exame de Ordem, a Seccional Bahia afirma que o pedido tem como objetivo a “preservação da credibilidade do Exame de Ordem e dos resultados que dele advêm”.

De acordo com o comunicado, a OAB-BA decidiu encaminhar o ofício ao Conselho Federal depois que o conselheiro suplente Fredie Didier publicou, em seu perfil no Facebook, uma avaliação da questão da prova de direito constitucional da segunda fase, realizada em fevereiro.

Em seu texto, Didier afirmou que a questão está mal formulada e que o “gabarito está errado”.

Fonte: Redação / G1

OUTRAS NOTÍCIAS