TV Bahia terá de indenizar cantor Gerônimo por jingle ACM, meu amor

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Nesta segunda-feira (4), a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia julgou o caso entre a TV Bahia e o cantor Gerônimo pelo jingle ACM meu amor, uma das joias do marketing político baiano (do qual ele é autor ao lado de Vevé Calazans, falecido no ano passado). A Justiça acompanhou parecer da desembargadora Maria da Graça Pimentel e condenou a TV Bahia a pagar R$ 50 mil de indenização por danos morais e a divulgar, durante três dias, que a dupla Gerônimo e Vevé é autora da peça.

Adiante, a Justiça definirá o valor relativo aos danos patrimoniais.

“Dinheiro, a TV Bahia tem, isso ela paga fácil. O difícil para ela vai ser dizer que nós somos os autores da música”, ironizou Gerônimo. O artista conta que tinha um acordo com ACM: enquanto ele vivesse, poderia usar a música à vontade. Quando ele morreu, a TV Bahia usou, ele reivindicou direito autoral, a emissora não quis pagar, a briga começou.

A TV Bahia pode recorrer a Brasília (0 STJ), e Gerônimo já avisou: “Se recorrer, vou fazer barulho em Brasília. Vou levar dois ônibus, uma banda e fazer um show para chamar a atenção sobre o caso”.

Fonte: Redação/ A Tarde

OUTRAS NOTÍCIAS