A subserviência que causa depreciação moral e constrangimentos.

Prefeitura de Feira de Santana

Muitas pessoas e políticos não desejam que suas atitudes no passado sejam relembradas, a maioria delas praticadas pelo medo do crescimento dos seus opositores ou mesmo correligionários. Os quais se sentem ameaçados em seus projetos futuros.

O que nos deixou perplexo foi saber de fonte confiável e de convivência que naquela época, que o indigitado tudo fazia para dificultar a movimentação política, do hoje benfeitor, fechando portas, cortando contatos e dificultando sua movimentação política.

Na atualidade, depois de passar por partidos de oposição, retorna ao ninho e declara:

“Tenho admiração cada vez maior por ele, pela capacidade de trabalho, e tenho também muita gratidão ao ….. . Depois de meu pai, ele foi a única pessoa que colocou a mão no meu ombro e disse vamos lá”.

“Na verdade fui resgatado politicamente”. Diz atualmente, esquecendo que no passado  perseguiu esse mesmo político, na tentativa de evitar a sua projeção,  prejudicando os seus futuros projetos no município.

Ouço entrevistas, declarações e não consigo entender esse tipo de comportamento. Os argumentos mais desqualificam do que constroem uma moral política ilibada, alicerçada pela vocação de servir a causa do povo, com honestidade, lealdade e respeito.

cljornal

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS