Entidades no combate às drogas deverão aderir ao Programa ‘Crack, É Possivel Vencer’

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Na manhã desta segunda-feira (25), a Secretaria de Prevenção a Violência e Promoção dos Direitos Humanos realizou uma reunião com os representantes das entidades de Feira de Santana que atuam na prestação de serviço e atendimento aos usuários de álcool e outras drogas.

 

As entidades têm até o dia 8 de março para fazer a adesão ao programa “Crack, É Possível Vencer” de acordo com a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 29.

 

De acordo com a coordenadora de apoio aos usuários de álcool e outras drogas e orientação às famílias, Lúcia Miranda, o município conta com 18 entidades voltadas a este segmento. “Vamos fazer o cadastramento, qualificar e firmar as parcerias para a execução do programa”, pontua.

Esta iniciativa propõe, dentre outras ações, um repasse em valores equivalentes a R$ 1.000,00 para cada adulto internado, e R$ 1.500,00 para cada mãe que esteja amamentando, ou adolescentes”, explica Lúcia Miranda.

O programa também prevê a implantação de consultórios de rua para atender aos usuários de drogas, Caps 24 horas, leitos em hospitais psiquiátricos, capacitação de profissionais que atuam no atendimento e parcerias com unidades terapêuticas.

Na oportunidade também foi anunciada a implantação do Conselho Municipal Antidrogas.

Fonte: Redação / Secom

OUTRAS NOTÍCIAS