Tempo - Tutiempo.net

Hospital da Mulher bate meta semestral com mais de 20 mil atendimentos na emergência e 5 mil internamentos

Foto: Reprodução/PMFS

Mais de 20 mil atendimentos e 5.500 internamentos. Estes são os números revelados no balanço somente de janeiro a junho deste ano pela Prefeitura, através da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), no Hospital Inácia Pintos dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher.

Durante o semestre, a comunidade feirense teve acesso a mais de 3.500 atendimentos ambulatoriais por mês a importantes áreas da saúde pública e cerca de mil pessoas foram internadas para parto ou curetagem na unidade hospitalar. Já no comparativo desde 2013 foram mais de 15 mil internamentos, revelando um aumento da oferta a cada ano.

Outro diferencial da maternidade, na gestão do prefeito Colbert Martins Filho, é a oferta diária de tratamento especializado com fisioterapeuta e fonoaudiólogo, além de assistência pré-natal com a realização dos testes do pezinho, da orelhinha, da linguinha, do olhinho e do ouvindo. Todos os exames são preconizados [recomendados] pelo Ministério da Saúde.

“O horário de atendimento para qualquer especialidade pode ser agendado, de segunda a sexta, diretamente nos postos de saúde do município via central de regulação”, ressalta a presidente da FHFS, Gilberte Lucas, ou ainda no próprio hospital.

Os recém-nascidos prematuros têm, após alta médica, a oportunidade de atendimento ambulatorial gratuito por um ano e todos são realizados pela equipe médica e técnica do Hospital da Mulher.

Ambulatório atendeu 10 mil mil recém-nascidos e crianças de até 13 anos 

Foto: Reprodução/PMFS

O setor ambulatorial se destacou com a marca de 10 mil recém-nascidos e crianças de até 13 anos com acesso direto a especialistas pediátricos, como cirurgião, hematologista, neurologista, ortopedia, cardiologista, endocrinologista, gastroenterologista, pneumologista, pediatra, nefrologista, fonoaudiólogo e fisioterapeuta.

Quando se trata de mães assistidas os números são mais animadores para o balanço da saúde pública municipal: foram mais de 4.500 pacientes que tiveram acompanhamento de nutricionista, endocrinologista, psicólogo, fisioterapeuta uroginecológico, além de pré-natal de alto risco, ultrassonografia, climatério, planejamento familiar, curativo e retirada de ponto, aferição de pressão arterial e ginecologista.

Equipe de funcionários excelente, diz paciente

Foto: Reprodução/PMFS

A estudante de enfermagem Rosângela de Jesus Santos, moradora do bairro Aviário, é o exemplo entre as mais de 1200 pacientes que são acompanhadas pelo Serviço de Planejamento Familiar do Hospital da Mulher.

“Aqui mesmo fui atendida e direcionada para fazer exame transvaginal. É muito bom e não perdemos tempo, além da equipe de funcionários ser excelente”, afirma.

Nos últimos meses, a prefeitura já investiu cerca de R$ 1 milhão em reformas, ampliações e aquisições de novos e modernos equipamentos que contemplam além do ambulatório, setores como enfermarias, UTI neonatal, berçário, administrativo, logística, tecnologia da informação e de infraestrutura.

“Meu filho nasceu prematuro aqui neste hospital e tive toda assistência. Sempre que preciso de exames laboratoriais e de pediatra para meus filhos sou bem atendida”, relata Cristiane Souza, técnica em Saúde Bucal.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS