Alemanha descobre carne de cavalo em lasanha congelada

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

A Alemanha anunciou nesta quinta-feira (14) que identificou carne de cavalo em lasanha congelada sendo vendida como carne bovina. Segundo o governo alemão, a marca de lasanhas TiP estava sendo vendida pela rede de supermercados Real, que em seguida retirou os produtos de suas prateleiras. Outras redes, incluindo Tengelmann e Rewe, estão agora realizando vistorias em seus produtos.

A mais recente descoberta de fraude na venda de produtos de carne processada reforçou a posição de executivos da União Europeia, que estão pressionando por testes aleatórios a partir de 1º de março em todos os países-membros do bloco.

O comissário de Saúde europeu, Tonio Borg, pediu que os testes durem três meses e incluam pelo menos 6,5 mil amostras de carne. A finalidade seria detectar não apenas a venda enganosa de carne de cavalo, como também a presença de fenilbutazona, um anti-inflamatório usado em equinos e proibido para consumo humano.

Por enquanto, insistiu Borg, o problema “não é de saúde, mas de fraude”. O ministro se reuniu na última quarta-feira (13) em Bruxelas com autoridades da Grã-Bretanha, França e outros países afetados. “Esta é uma crise de proporções europeias e precisa de soluções de proporções europeias”, disse o ministro irlandês de Agricultura, Simon Coveney. A proposta do comissário europeu será discutida por ministros do bloco na sexta-feira.

O secretário de Meio Ambiente da Grã-Bretanha, Owen Paterson, endossou a realização de testes de DNA em todo o continente.

Fonte: Redação / BBC Brasil

OUTRAS NOTÍCIAS