Mulher que treinava para tirar a carteira troca freio por acelerador e mata adolescente em acidente

 

Um acidente trágico ocorreu nesta terça-feira (17), em Americana (SP). Maria Vanusa de Oliveira, de 42 anos, atropelou e matou o adolescente de 17 anos, Gabriel Rocha Talharte. Ele estava sentado em frente à casa onde morava quando a vizinha o atropelou com o carro desgovernado. Ela perdeu o controle do veículo e, em vez de acionar o freio, acelerou contra o garoto e o jogou no muro. O carro passou no meio de dois postes e, com a força da batida, o portão também foi derrubado. O detalhe desse acidente é que a mulher estava treinando para tirar Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Maria Vanusa ficou em estado de choque. As duas famílias eram amigas e Gabriel era amigo do filho da motorista.

Segundo o delegado de plantão, Alfredo Luiz Onda, o marido de Maria Vanusa estava junto com ela dentro do carro e ele também será responsabilizado por entregar o veículo para alguém que não possui habilitação. Ela estava treinando para fazer a prova nesta quarta-feira (18). A advogada da mulher, Janete Peruca da Silva, afirmou que o marido tentou impedi-la de entrar no carro, mas não conseguiu. “Quando ele viu que ela estava saindo com o carro, ele entrou e disse para ela não sair”, disse.

A motorista vai responder por homicídio culposo.

 

O muro e o portão da casa da família ficaram destruídos

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS